RSS Feed

Monthly Archives: Maio 2011

Fashion Rio Verão 2012

Esta semana acontece no Rio de Janeiro um dos principais eventos da moda brasileira – o Fashion Rio Verão 2012  e, em paralelo, a feira de negócios Rio-à-Porter.

Tivemos  a oportunidade de participar das 2 últimas edições, visitas estas que geraram belas parcerias, entre elas as marcas Laços e Raíz da Terra.

A cada edição, cresce o foco dado a moda sustentável, quer seja em relação a redução do desperdício e/ou reaproveitamento de resíduos no processo fabril, quer seja na busca pela matéria-prima mais ecológica ou, ainda, na preocupação social nos meios de produção.

Novamente, estaremos por lá conferindo as tendências e novas tecnologias sustentáveis aplicados a moda.

Já podemos adiantar 2 novidades, o stand da Amazonas – marca que está investindo pesado em tecnologias de reciclagem da borracha na produção de componentes para indústria de calçados e o stand do CTJCentro de Inovação em Jeans que apresentará inovações tecnológicas sustentáveis para a indústria da moda.

Todo dia novidades diretamente do Rio de Janeiro.

Até amanhã,

Janete e Carol.

Anúncios

CASA COR 2011, Vitrine de inovações e tecnologias sustentáveis

Passo em frente ao “canteiro de obras” da Casa Cor Paraná 2011 diariamente ao voltar do escritório e fiquei curiosa sobre a aplicação das tecnologias sustentáveis nos ambientes, afinal o evento consolidou-se como uma grande VITRINE de inovações e tecnologia.

Vamos ao resultado surpreendente e feliz da minha pesquisa (e notícia boa é sempre ótimo multiplicar…).

Com a meta de transformar a Casa Cor 2012 em referência mundial de sustentabilidade os grupos CASA COR E SustentaX uniram-se em 2009 com o objetivo de disseminar os conceitos e práticas sustentáveis para os profissionais envolvidos no projeto – arquitetos, paisagistas e decoradores.

O trabalho de conscientização realizado em 2009  focou, principalmente, na mudança do paradigma de que os materiais ecológicos imprimem ao ambiente uma atmosfera muito rústica.

Em 2010, o desafio foi disseminar e buscar a incorporação nos projetos de métricas para avaliação de sustentabilidade, reconhecidas internacionalmente.

Este ano, a SustentaX desenvolveu uma planilha

(http://www.selosustentax.com.br/pdf/casa-cor-2011.pdf)

que resume os parâmetros necessários na aplicação do conceito ecológico nos ambientes e ressalta a importância dos profissionais na disseminação de tecnologias sustentáveis em seus projetos, sempre inspiradores para o público.

Esta planilha também será utilizada pelo grupo de jurados que elegerão o ambiente mais sustentável. Outra iniciativa bem bacana.

Para o público, a CASA COR 2011 distribuirá um guia com dicas de sustentabilidade, elaboradas pela SustentaX, que podem ser utilizadas no dia-a-dia, no trabalho e também em casa (trarei para vocês estas dicas em um novo post, aguardem).

Por hora, vale parabenizar a iniciativa da Casa Cor e aguardar para visitar o evento em Curitiba e conferir de perto a aplicação dos conceitos.

Casa Cor Paraná 2011

10 de junho a 17 de julho

Rua Paulo Gorski, 1175 – Bairro Ecoville / Mossungue – Curitiba – PR

Estou ansiosa para conferir o evento  e dividir com vocês as novidades.

Um abraço,

Janete.

Love Story in Milk

Eu moro em Curitiba, e aqui faz-se muita campanha de separação de lixo. Desde de criança eu escuto a expressão “lixo que não é lixo” para falar sobre reciclagem,  e as vezes fico com a sensação que todos as pessoas em todo mundo tem isto tão claro quanto eu.

Mas a realidade é bem diferente, hoje li uma matéria que falava sobre o Reino Unido e dando a triste estatística de que neste país é enterrado ou icenerado £650 milhões em materias que poderiam ser reciclados. Entretanto, a região teve uma melhora considerável em relação a anos anteriores. Para continuar com os bons resultados, a organização “Amigos da Terra” (no caso, “Friends of Earth”) criou o vídeo “Love Story in Milk“, que incentiva a população a dar destino correto aos resíduos sólidos.

Achei o vídeo bem interessante e resolvi compartilhar com vocês, pois apesar da minha sensação otimista que todos tem esta preocupação, sei que a realidade aqui no Brasil é bem diferente da que vejo na minha cidade.

Espero que gostem.

Carol Vermelho

Moda Consciente

Nada mais atual do que falar de consumo consciente e porque não aliar o tema a um dos meus assuntos preferidos – Moda.

Muitas discussões acaloradas colocam na vitrine a questão de que o consumo não é ecológico, acredito sim que o fast-fashion realmente não seja ecológico, o consumo é temporal, ditado pela moda instantânea e com baixa qualidade de matéria-prima.

Porém, a qualidade aliada a versatilidade das peças de vestuário podem reduzir a quantidade de itens em nosso guarda-roupa, o descarte das peças ultrapassadas e, consequentemente, o consumo exagerado.

A tecnologia atual nos surpreende com matérias prima com excelente qualidade e durabilidade e, agregando valor, com baixo impacto ambiental e temos muitas empresas investindo no segmento de moda ecológica.

E para exemplificar minha teoria apresento a iniciativa de um de nossos parceiros, a Ecowish, na seção Eco Looks de seu blog, eles apresentam uma peça de roupa super charmosa e ECOLÓGICA e gostaria de dividir com vocês.

A marca propõe a seus consumidores que enviem uma peça em 3 looks diferentes, vale conferir a peça da eco wish – Blusa Manga Drapeada em malha reciclada e com delicada aplicação de pérolas no ombro nestes 3 looks.

ecofashion

Bacana, né.

E na moda e na vida vale dispor de toda a criatividade em nosso dia-a-dia, principalmente se essa criatividade garantir a redução de algum impacto ambiental.

Até a próxima.

Janete.

Ciao Mao – Sapato Eco Chic

Hoje recebi a melhor notícia do mundo! Desde que abri a minha loja de moda eco-sustentável,  EcoChoice , estou a procura de um fabricante de sapatos femininos para compor o mix de produtos do site. Mas até hoje não tinha encontrado nada no Brasil que valesse a pena investir.
Mas é com grande satisfação que divulgo a loja Ciao Mao, instalada na Rua Mello Alves, no bairro dos Jardins, em São Paulo, esta loja trabalha com sapatos de material reciclado e que também podem ser customizados na hora, ao gosto do freguês. São os “calçados interativos”, propostos pela designer e criadora da marca, Priscila Callegari.
Claro que tinha que ser a nossa queridíssima Chiara Gadaleta e trazer a notícia do lançamento da Ciao Mao em primeira mão. Quer saber mais? Veja a reportagem completa no Ser Sustentável com Estilo.
O que eu achei mais bacana é que com apenas um par de sapatos, você troca os acessórios e tem vários modelos. Para quem ama sapatos como eu, mas tem se esforçado ao máximo para ser uma consumidora consciente não poderia ter recebido a notícia com mais entusiasmo.

Espero que em breve sai uma parceria entre a Ciao Mao e a EcoChoice e possamos disponibilizar para todas as consumidoras do Brasil esta excelente opção de calçados eco-friendly.

Abraços

Carol Vermelho

Turismo Sustentável

Hoje descobri uma agência de turismo diferente e muito interessante e resolvi compartilhar aqui no blog. A AOKA é uma agência de Eco-Turismo que se auto-denomina de agência de turismo sustentável, porque o nome “eco-turismo” acabou sendo deturpado no Brasil, e é usado para turismo de aventura ou qualquer tipo de turismo de natureza.

A proposta da Aoka é bastante inovadora e me atraiu principalmente pela veia social e por vender experiência de vida.

Vou transcrever aqui entre aspas um resumo que peguei do press kit deles, que dá mais noção de como funciona o trabalho da agência.

“AOKA desenha e operacionaliza viagens inusitadas em parceria com comunidades e ONGs locais, de reputação e atuação socioambiental. Estas comunidades atuam como embaixadores locais para aprofundar as relações entre visitantes, natureza e comunidades, garantindo o alinhamento de princípios e valores entre todos, assegurando o respeito mútuo e uma preocupação real com a sustentabilidade dos destinos e parceiros.

Com uma proposta ousada e sem precedentes, a empresa utiliza times multidisciplinares que combinam anfitriões (das comunidades locais), facilitadores e especialistas de diversas áreas (arqueólogos, antropólogos, biólogos), para conduzir as viagens de modo criativo. A sinergia dessas pessoas cria ambientes que potencializam a qualidade dos encontros. Cada viagem é cuidadosamente desenhada para ser uma experiência inesquecível.

Além da experiência individual, o modelo de negócio social da AOKA contribui com as ONGs e comunidades parceira através da inclusão social, gereção de renda e incentivo ao empreendedorismo de pequenos negócios relacionados ao turismo responsável, valorização da cultura local e troca de conhecimentos entre comunidades, visitantes e profissionais, visando solucionar problemas socioambientais locais.”

Alguns dos destinos oferecidos por eles são:

Uacari Lodge Reserva Mamirauá:

Mamirauá foi a primeira Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) implantada no Brasil. Situa-se na confluência entre os Rios Solimões e Japurá. Lá fica a maior floresta alagada do mundo, com uma biodiversidade impressionante, com mais de 400 espécies de aves, por exemplo.

Inserida dentro desse paraíso verde, apresentamos a Pousada Uacari que está ligada ao Programa de Ecoturismo do Instituto Mamirauá. Seu planejamento e desenvolvimento foi realizado ao longo dos 10 últimos anos pelas comunidades locais, pesquisadores e técnicos do Instituto. Tudo isso para encontrar a fórmula perfeita entre conforto e mínimo impacto.

Amazônia Cristalino Jungle Lodge

O Cristalino Jungle Lodge é um dos parceiros Aoka que selecionamos a dedo. Para quem quer conhecer e compreender um pouco o milagre da biodiversidade amazônica, aliando total conforto, infraestrutura impecável e a garantia da sustentabilidade, esta viagem é imperdível. O Cristalino tem o compromisso de fazer com que os visitantes tenham uma experiência única na floresta enquanto aprendem sobre o meio ambiente e sua importância para nossas vidas diárias. Os guias são amantes da natureza que dividem seu conhecimento e respeito pela Amazônia. O lodge foi construído em harmonia com a floresta que o envolve. Oferece acomodações que utilizam práticas sustentáveis e, as pequenas proporções do lodge, garantem aos visitantes uma atenção sem precedentes. Além do turismo responsável, o lodge também tem uma importante função de conservação ambiental – através da preservação da Reserva Particular do Patrimônio Nacional – e uma função social – através de diversas ações de educação ambiental que realiza na região.

Confira mais destinos no site: www.aoka.com.br

No site da AOKA, tem também os comentários de quem já viajou com eles:

““Navegando pelo Rio Negro fizemos uma roda de conversa onde cada um se apresentava, inclusive nosso anfitrião local. Samuel é índio, da etnia Baré. Nasceu numa tribo isolada, próxima da fronteira com Venezuela. Contou-nos brevemente sua decepção com o turismo… E que aceitou conduzir nosso grupo quando conheceu o propósito da Expedição Aoka, de conhecer a Floresta de perto, através do contato com moradores e experimentando situações dos que vivem lá” ”
Tayla Monteiro na Expedição Fluvial Aoka TEDxAmazônia, Novembro/2010

Fique muito inspirado com o trabalho deles e morrendo de vontade para tirar uma férias e experimentar este novo modelo de turismo. Tenho certeza que irão transformar ainda mais o meu jeito de ver o mundo.

Abraços

Carol Vermelho

Troca-Troca de Roupas

Você olha diariamente o seu guarda-roupa e pensa: “não tenho nada interessante para vestir”  mesmo que ele esteja abarrotado de roupas? Então tenho uma dica que pode ser a solução dos seus problemas. Não, não pense que vou divulgar alguma super liquidação de uma loja qualquer.  A nova moda na Europa e nos Estados Unidos é o clothing swap e já tem adeptas no Brasil chamando de troca-troca de roupas. É isto mesmo que vc está pensando, dá para vc renovar o seu guarda roupa sem gastar nenhum centavo.

Todas nós já fizemos isto algum dia com uma irmã ou amiga. Separa todas aquelas roupichas que não usa mais, mas ainda estão em bom estado e passa para frente. Nestes casos, nem sempre você recebe algo em troca. Mas neste modelo que estou divulgando, além de ampliar e muito a rede de amigos, você ainda volta com peças para atualizar o seu guarda-roupa. Achei esta ideia o máximo! Isto sim é uma atitude chic e sustentável.

E o melhor é que descobri que vai rolar um troca-troca deste de roupas na próxima semana aqui em Curitiba. Ele está sendo organizado por uma comunidade do facebook  Troca-Troca CWB que já faz as famosas trocas pela rede. Que tal praticar o desapego e ainda renovar o guarda-roupa?

Para participar é só preencher o formulário de inscrição

Onde você encontra: (Curitiba – PR)
1º Bazar Troca Troca Cwb
Local: Aldeia Coworking
Data: 28/05 (sábado)
Horário: das 14h às 18h
R. José Loureiro, 347 – 1 andar (Galeria Suíssa)
Valor: R$3,00 (apenas em dinheiro)

Encontro vocês por lá!

Carol Vermelho

%d bloggers like this: