RSS Feed

Tag Archives: ecochoice

Design em papel viram lindas Bio Jóias

Conforme prometido desde nossa visita ao Salão de Negócio do Fashion Rio, o Rio à Porter, vamos contar um pouco mais sobra a JS Design Sustentável.

A marca foi criada por Julieta Sandoval (abaixo na foto,) uma argentina que mora no Brasil, há mais de 10 anos.

Simpática e sorridente, Julieta nos recepcionou no stand da marca e foi amor a primeira vista, tanto por Julieta quanto por sua obra de arte, que é como classifico sua linha de acessórios.

Formada em Ilustração e Design de Moda, com um Mestrado realizado  através de uma bolsa de estudos outorgado pelo Instituto Italiano Arte, Moda e Design de Florença, Itália,  Julieta revela que a  Js Design Sustentável nasceu da fusão de duas paixões, o feito a mão e a filosofia baseada na sustentabilidade.

Sua procura por técnicas de reciclagem e aproveitamento de materiais resultou no mix do canudo de papel de cestaria e o rolinho de papel. Criando finalmente uma linha de eco jóias realizada em sua totalidade de papel de revistas, panfletos e jornais tirados das ruas, e uma segunda linha feita de papel pardo sem tratamentos químicos pintados a mão.

Hoje a marca já desenvolve 5 linhas de produtos diferenciados:

Básico

Copacabana

Tie Dye

Klimt

Chrame

Um projeto em continuo, em constante crescimento, inovando no desenvolvimento criativo e nos materiais que utiliza,
tentando passar uma consciência ecológica, voltando a materiais mais puros e naturais, sem perder a beleza, estilo e sofisticação. Isto sim é Eco Chic!

Até,

Carol Vermelho

Confira os produtos que já estão à venda na EcoChoice Bio Jóias

*A menina da mão verde*

Quando era criança li um livro chamado *O menino do dedo verde*, história de um garoto que fazia nascer flores onde quer que encostasse a mão. Eu invejava esse menino porque minhas competências em jardinagem beiram o ridículo. Mas não quis me deixar abater e, de uns anos pra cá, decidi que o verde entraria na minha vida na marra. Preocupada com a quantidade absurda de lixo que se acumula no mundo, comecei a fabricar coisas com materiais que normalmente iriam para o aterro sanitário mais próximo.

Já perdi a conta de quanta coisa andei recolhendo por ruas e calçadas, além de pedir, na maior cara dura, materiais que lojas normalmente jogariam fora e que acabaram indo parar na minha casa, já sem muito espaço pra novos dejetos, preciso confessar. Além de recolher eu mesma, de uns tempos para cá comecei também a *ganhar de presente* de quem me conhece um monte de, como dizer, *lixo *que as pessoas julgam que me iInteressaria.

Com ele criei objetos no melhor estilo *Lavoisier moderno*: no mundo artesanal, materiais quase não se compram, rejeitos industriais se transformam. Minha casa tem em cada cômodo pelo menos um objeto desse tipo e família e amigos já cansaram de ganhar presentes confeccionados dessa maneira, digamos, *verde*.

Agora tive a grande honra de ser convidada pelo vitrineverde a dividir com o mundo técnicas e dicas para transformar aquilo que normalmente pararia no lixo em objetos às vezes úteis, às vezes inúteis, mas sempre preocupados com a sujeira que se acumula, já não tão pelos cantos, no mundo.

Uma vez por mês passarei por aqui para mostrar como, com alguns golpes de tinta, linha, tesoura ou outra ferramenta qualquer, usar algum material normalmente destinado ao lixo para criar uma coisa nova.

Meus dedos podem não fazer nascer flores por onde passam, mas pelo menos uso minhas mãos para livrar um pouco a terra do lixo que a mataria. Assim as flores terão espaço e saúde para crescer livremente!

Até a próxima!

==================
Juliana Vermelho Martins
http://www.julianavermelhomartins.blogspot.com
http://www.endpoverty2015.org

%d bloggers like this: