RSS Feed

Tag Archives: Rio-à-Porter

Estandes Sustentáveis no Rio-à-Porter

Nada mais sustentável que unir criatividade e bom gosto na elaboração de ambientes, além de reduzir o desperdício e o lixo, garante um belo resultado com baixo orçamento. E, quando esta mistura é apresentada em uma feira que é referência de moda e bom gosto a iniciativa merece ser divulgada e aplaudida.

Pois é, criatividade e sustentabilidade estiveram juntas na 18ª. Edição do Rio-à-Porter em vários estandes. Fiquei muito feliz com a originalidade e bom gosto dos expositores e trouxe os meus 3 preferidos.

O estande da Social Carioca (programa de orientação, capacitação e consultoria técnica e gerencial para o desenvolvimento de novos talentos empreendedores da moda no Rio de Janeiro) reuniu as marcas Rosa Prosa, Velt, Branchée e Holic e foi o que mais chamou a minha atenção na feira.

Super astral, charmoso e de muito bom gosto, eles souberam “brincar” com os pallets e bobinas de cabos de maneira primorosa, fazendo da iluminação um atrativo a parte, impossível não parar para admirar.

Segundo a artesã da Rosa Prosa, Daphne Segal,  “o baixo orçamento  e o curto prazo inspirou o grupo a buscar alternativas viáveis e o resultado do trabalho com os pallets superou as expectativas de todos os envolvidos no projeto”. Concordo, simplesmente bárbaro!

A marca Armandillo, grife masculina com a coleção Surf Deluxe, inspirada no verão de 1960, apostou no uso de elementos daquela época, aproveitando peças descartadas e criando um clima retrô em seu estande, genial e em sintonia com a proposta da coleção.

Já a marca masculina Balasarae utilizou os pallets empilhados e peças retrôs  na decoração de seu estande, tendo como ponto central a bicicleta, uma vez que aproveitou o evento para lançar sua nova logo que une 2 elementos atemporais – o terno e a bicicleta. Adorei!

  

Bom, foram estes os meus estandes preferidos, as marcas estão de parabéns pela iniciativa! Agora, é esperar para a moda pegar!

Um abraço,

Janete.

Anúncios

Amazonas – atitude sustentável

Depois de um “chá” de aeroporto em Curitiba devido a neblina, chegamos a ensolarada Cidade Maravilhosa. Conseguimos chegar ao Rio-à-Porter apenas no final do dia e fomos direto ao stand da Amazonas para conhecer de perto as inovações sustentáveis propostas pela marca  em relação a reciclagem das aparas de borracha da indústria de calçados.

O primeiro produto apresentado foi um piso feito com aparas dos solados de borracha de calçados e o pó que se forma como resíduo do processo de lixar as placas. A fabricação do piso faz parte do Projeto Reciclar, desenvolvido na unidade de Franca-SP, onde existe um setor totalmente dedicado a reciclagem da borracha. O resultado disso é que a empresa não joga nada no lixo, e ainda compra aparas e sobras de borrachas de outros fabricantes. O piso produzido com estas aparas é muito bacana, anti-derrapante e com um efeito de amortecimento de impactos, ideal para vários ambientes.

  

Descobrimos também, que a marca tem um projeto chamado Biô, que é a fabricação de um solado um bio-degradável. Vale lembrar que borrachas sintéticas demoram de 500 a 600 anos para se decompor, enquanto o Amazonas Biô transforma-se em água e CO² em até 5 anos quando aterrado. Este é o primeiro solado vulcanizado biodegradável do Mundo. Com o Amazonas Biô, a empresa traz ao mercado um produto ecologicamente correto, uma inovação sócio-responsável com mesmo padrão de qualidade Amazonas, mantendo as mesmas características já conhecidas e performance conceituada.

Eles também são fabricantes de uma cola natural a base d’água, que é utilizada por eles e também pela Raiz da Terra em sua coleção de sapatos (vamos contar mais sobre estes sapatos ainda esta semana – aguardem super novidades).

Gostamos muito das iniciativas da empresa,valeu a pena ver a dedicação em projetos de reciclagem e pesquisa para reutilização de 100% dos resíduos gerados na fabricação dos seus produtos.

Até mais,

Carol e Janete

%d bloggers like this: